Buscar
  • ADVOGADO CRIMINAL

Policiamento ambiental marítimo flagra pesca de raia ameaçada de extinção em Cananéia

O animal marinho foi encontrado dentro de uma embarcação que também realizava a pesca de arrasto de camarão em área de proteção ambiental

Uma equipe de policiamento marítimo do 3º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) flagrou, nesta quinta-feira (10), uma embarcação que realizava a pesca de arrasto de camarão no interior de uma área de proteção ambiental, em Cananéia, no litoral sul paulista. No interior do barco, além de oito quilos de camarão sete-barbas, foi localizado um exemplar de raia-viola, também conhecido como cação-viola, espécie que consta na lista de animais marinhos como criticamente ameaçada de extinção. O flagrante resultou em dois autos de infração ambiental por "exercer a pesca sem autorização do órgão ambiental competente” e “pescar espécies que devam ser preservadas”. Além disto, a embarcação e petrechos utilizados na pesca foram apreendidos. Todo o pescado a bordo também foi recolhido.


Sobre a raia-viola

Segundo alguns estudos sobre Elasmobrânquios, a raia-viola brasileira Pseudobatos horkelii é uma das espécies marinhas mais ameaçadas no Atlântico Sul, especialmente no Brasil. Com declínios populacionais de mais de 80% nas últimas décadas, o desembarque e comercialização da espécie são proibidos desde 2004 pela legislação brasileira. No entanto, infelizmente ainda é amplamente capturada. Sua ajuda é essencial para a proteção e preservação desta e outras espécies do nosso litoral, denuncie pelo telefone 13 3853-5750.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo