Buscar
  • ADVOGADO CRIMINAL

Pegar o Dinheiro Governo Coronavírus

Como pegar o dinheiro que o governo liberou?


Como pegar o dinheiro que o governo liberou? Esta é a pergunta que milhões de brasileiros estão buscando respostas, durante este momento de crise econômica causada pela Covid-19. Portanto, entenda quem pode e como receber este auxílio.


O auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, microempreendedores individuais e desempregados, durante três meses, foi aprovado pela Câmara dos Deputados, pelo Senado e, nesta última quarta-feira (01/04) foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.


O projeto sancionado visa ajudar famílias de baixa renda, que se enquadrem em perfil semelhante aos que já recebem auxílio do governo para outros tipos de programas sociais, como o Bolsa Família.


Mas como pegar o dinheiro que o governo liberou? CLIQUE AQUI

Após a sanção presidencial, o Governo Federal vai publicar um decreto para regulamentar o funcionamento do auxílio emergencial e, assim, enviar uma Medida Provisória de crédito extraordinário ao Congresso Nacional para o pagamento.


O pagamento poderá ser retirado nas seguintes instituições federais:

  • Caixa Econômica Federal;

  • Banco do Brasil;

  • Lotéricas;

  • Banco do Nordeste;

  • Banco da Amazônia;

  • Correios.

Quem pode receber o auxílio?

A medida vai auxiliar trabalhadores informais, MEIs, contribuintes individuais do INSS e desempregados que se enquadrem aos critérios adotados pelo governo, que são os seguintes: Ser maior de 18 anos com renda mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal de até 3 salários (R$ 3.135,00); Ser microempreendedor individual ou contribuinte do INSS; Não receber seguro-desemprego e nem participar de programas de transferência de renda, com exceção do Bolsa Família; Autônomos com rendimentos tributáveis abaixo de R$ 28.559,70 em 2018; Ser trabalhado informal cadastrado no CadÚnico – caso não seja, terá de fazer uma autodeclaração de renda por sistema digital ainda em desenvolvimento. Além disso, as mulheres que forem chefe de família terão direito ao benefício dobrado. Desta forma, vão receber R$ 1.200 por mês. Não terá direito ao auxílio quem já recebe benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou programa de transferência de renda que não seja o bolsa Família. Quando o dinheiro será liberado? Mesmo já sabendo como pegar o dinheiro que o governo liberou, o cidadão deve ter ciência de que ainda não é a hora de se deslocar para as instituições citadas acima, porque ainda não é o momento. O governo estima começar a liberação dos saques a partir do dia 10 de abril, com prioridade para os beneficiários do Bolsa Família, porque este auxílio irá apenas substituir o valor já recebido por cerca de 14 milhões de famílias cadastradas neste programa.



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo