Buscar
  • ADVOGADO CRIMINAL

Idoso é preso após tentar voltar com ex e amarrar a filha dela em Cubatão

Um idoso de 63 anos foi preso pela Polícia Civil na quarta-feira (8) em uma investigação desenvolvida após ele ser apontado como autor delitos, em Cubatão, contra a ex-namorada, no último dia 2, e contra a filha dela, de 19, no dia 3. A trama, com ameaça, calúnia e até lesão corporal, teve como pano de fundo o objetivo do acusado tentar retomar seu relacionamento. 


Ao ser abordado em casa, em São Vicente, por policiais do 2° Distrito Policial de Cubatão (Jardim Casqueiro) na manhã de quarta, ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Na casa dele, na Vila Melo, os investigadores, sob o comando do delegado Angel Gomes Martinez e do investigador Eduardo Araújo, apreenderam além da arma um punhal e um simulacro de revólver. 

A série de delitos começou quando o idoso foi até o trabalho da ex-namorada, no dia 2, em Cubatão, e proferiu, segundo a vítima, ameaças e calúnias contra ela. 


Na data seguinte, o idoso foi até a casa da vítima, na Vila Nova, portando arma de fogo e, mediante violência física, amarrou a filha da mulher, de 19 anos, e exigiu que a jovem convencesse a mãe dela a retomar o relacionamento. 


Assim que o homem deixou a residência, as vítimas procuraram a Polícia Civil e obtiveram medida protetiva de urgência contra o suspeito, segundo a assessoria de imprensa do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6 (Deinter-6). 

De maneira imediata, a equipe do delegado Martinez passou a apurar os delitos descritos e requereu à Justiça o mandado de busca e apreensão para a casa do idoso. 

"O suspeito vai responder pelos crimes de ameaça, calúnia, lesão corporal e o crime hediondo de portar arma de fogo com numeração suprimida", frisa o Deinter-6. 

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo