Buscar
  • ADVOGADO CRIMINAL

Fazendeiro que deixou mais de mil animais morrendo de fome é preso em São Vicente (SP)

Animais estavam se alimentando de cascas de árvore e morrendo dia após dia.


Um fazendeiro de Brotas, interior de São Paulo, foi acusado de maus-tratos contra mais de mil animais, após deixá-los sem água e comida. Após a Justiça ser acionada, o indivíduo fugiu do local, e alugou um apartamento na cidade de São Vicente, litoral de São Paulo.


O imóvel foi alugado no nome de outra pessoa, e o indivíduo acusado sempre saia pelas ruas no fim de tarde, usando boné. A rotina do fazendeiro incluía passeios pela praia e compras.


A Polícia Civil identificou e prendeu o indivíduo nesta última quinta-feira (27), identificado como Luiz Augusto Pinheiro de Souza.

O homem é responsável por deixar mais de mil búfalas sem água e comida no interior do estado, a situação dos animais chegou ao ponto de se alimentarem de cascas de árvores do ambiente em que eram mantidos.


O Ministério Público pede o pagamento de indenização por dano moral animal e dano material, avaliado em R$ 16 milhões, e que a fazenda seja transformada em um santuário para os animais.

6 visualizações0 comentário