Buscar
  • ADVOGADO CRIMINAL

Casal que guardava conteúdo sexual de crianças é preso em flagrante

Um homem de 49 anos e uma mulher de 28 foram presos em flagrante na manhã desta quarta-feira (25) suspeitos de cometer crimes envolvendo pornografia infanto-juvenil. O casal foi preso pela Polícia Civil (PCDF) no âmbito da operação Mensagens Violadas.

Perguntado, a dupla confessou que possuía e guardava fotos e vídeos contendo cenas de sexo explícito e/ou pornográficas envolvendo crianças e adolescentes. Em um aparelho celular, policiais encontraram diversos arquivos desta natureza.

Os suspeitos foram levados até a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC/PCDF), responsável pela operação, juntamente com o Departamento de Polícia Especializada (DPE/PCDF).

Além das duas prisões, os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em Planaltina, Ceilândia e em Luziânia-GO.

Ações contra a pedofilia É a terceira operação de combate a crimes sexuais contra crianças e adolescentes deflagrada nas últimas semanas. Na primeira, no dia 26 de outubro, um homem de 25 anos foi preso em Valparaíso de Goiás-GO; na segunda, no dia 12 de novembro, um servidor público federal morador de Águas Claras acabou capturado; na seguinte, um funcionário público de uma sociedade de economia mista, 62 anos, também terminou preso. Em âmbito nacional, a Polícia Civil de São Paulo (PCSP) realiza nesta quarta-feira (25) uma operação contra um grupo suspeito de tráfico e exploração sexual de crianças. São cumpridos 220 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Três pessoas são procuradas em SP e no RS. Segundo investigações, os criminosos produziam e comercializavam (compra e venda) vídeos de cunho pedófilo na deep web — uma camada da internet que não pode ser acessada por buscadores comuns, como o Google. A operação, batizada de “Black Dolphin”, teve início há mais de dois anos, em 2018. À época, a Polícia Civil descobriu que um homem pretendia vender a sobrinha para criminosos na Rússia. O suspeito levaria a criança para a Disney e lá entregaria a vítima. Como desculpa, ele pretendia contar que a criança havia desaparecido. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE LEIA TAMBÉM TÓPICOS RELACIONADOS:CASALPCDFPEDOFILIAPORNOGRAFIA INFANTILPRISÃO PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

  • MAIS LIDAS

  • VÍDEOS

  • ÚLTIMAS

ENTRETENIMENTO Pai de Zezé di Camargo e Luciano morre aos 83 anos CIDADES Hospital São Francisco se prepara para segunda onda NA HORA H! Cirurgião morre de infarto durante operação de paciente NA HORA H! Homem usa remédio para causar aborto em companheira durante o sexo e é preso em flagrante BRASIL Vídeos: Araraquara vive madrugada de terror após assalto a banco NA HORA H! Mulher é presa após deixar bebê em frente à porta da casa da namorada do ex

  • CHARGE DO DIA

PUBLICIDADE

  • CIDADES

  • POLÍTICA & PODER

  • BRASIL

  • ECONOMIA

  • MUNDO

  • ENTRETENIMENTO

  • NA HORA H!

  • TORCIDA

  • GASTRONOMIA

  • BLOGS E COLUNAS

  • EXPEDIENTE

  • ANUNCIE

Baixe o App do Jornal de Brasília Copyright © 2006-2020 Jornal de Brasília Notícias Digitais Ltda. Todos os direitos reservados.







Você deseja receber notificações do Jornal de Brasília? Quero ReceberNão Obrigado

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo